segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

NAZAL LEVANTA SUSPEITA SOBRE DECRETO DE CRIAÇÃO DE ÁREA INDUSTRIAL EM ILHÉUS

Um dos mais profundos estudiosos de Ilhéus, José Nazal concedeu entrevista ao Tabuleiro (Conquista FM), na qual abordou temas caros ao sul da Bahia, a exemplo do Porto Sul e o projeto da nova estrada que liga Ilhéus-Itabuna, na margem oposta à rodovia atual. São 30 minutos de bate-papo com o apresentador Vila Nova. Nazal também falou do decreto do prefeito Jabes Ribeiro, que criou nova área industrial em Ilhéus, à margem do Rio Cachoeira, na ligação do município com Itabuna.
– O Estatuto (da Cidade) diz que toda mudança tem que ser discutida com a população. Ali é como área de expansão urbana. É bairro. Tem uma coisa misteriosa no ar, mas não dá para suspeitar de outra coisa a não ser interesse obscuro, escuso [com a criação da área industrial]. O MP [Ministério Público estadual] já está tomando providência – disse Nazal.
Diante da observação de que Jabes argumentou ter criado a área industrial na rodovia por causa do Porto Sul, Nazal esclareceu que a área de logística do complexo intermodal será em Itabuna, à margem da BR-101, entre o município e Itajuípe. “Não há nenhuma lógica na área. A estrada virou uma avenida”, observou, pontuando a necessidade da gestão explicar o “que se quer fazer ali”.
Nazal é pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PTB e lamentou que a cidade tenha tido, nos últimos 100 anos, cinco planos diretores, mas sempre não colocados em prática. Ele faz parte de um grupo nacional que estuda o desenvolvimento de dez cidades brasileiras, dentre elas Ilhéus. Nazal cita Maringá (PR). O município paranaense já está discutindo, há algum tempo, a Maringá de 2047. Confira a íntegra da entrevista no link abaixo:
 https://www.youtube.com/watch?v=CTj0cTGgnSg&feature=youtu.be
Fonte: Pimenta na Muqueca

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

SALVADOR: Governo fará complementação de creches inacabadas, anuncia Rui

O governador Rui Costa anunciou nesta quinta-feira (21), durante encontro entre representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e equipes de prefeituras baianas, que o Estado fará a complementação para as obras de creches inconclusas, caso o órgão, vinculado ao Ministério da Educação (MEC), não consiga fazê-lo. “Não é responsabilidade direta do governo do Estado, mas tenho pleno convencimento de que ou você cuida da educação ou não adianta cuidar de partes da educação, porque o conhecimento é cumulativo”, pontuou. Rui também anunciou que quer comprar, ainda no início do ano, ônibus escolares, investindo entre R$ 60 milhões e R$ 70 milhões. Em seu discurso, Rui defendeu que as obras inacabadas não foram fruto de ingerência dos municípios, e salientou que as empresas devem ser responsabilizadas. “Tem pouca coisa a fazer porque é uma lei federal. E eu diria que tem muita limitação, porque a Bahia tem um normativo interno, que eu quero até reativar, que é o QualiObra, que media a qualidade das obras e impunha sanções as empresas. Mas como regra, as empresas recorriam ao Judiciário e conseguiam liminares para que elas participassem das licitações”, disse, classificando a postura das empresas como “escândalo”. “Tem empresas que abandonaram obra no mês passado, entram em novas concorrências e repete a formula. Ou seja, foi calculado o preço daquela obra em 100, a empresa entra dando um desconto de 30%, quando a gente sabe que ou houve um erro grosseiro de quem fez um orçamento, ou 99,9% das vezes a obra é abandonada pela empresa vencedora. E não dá em nada”, reclama. 
O encontro teve a participação da prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

ILHÉUS: CAMINHÃO F4000 FURTADO

Segundo informações de Rogério Souza, o caminhão F4000 cor prata, placa JPU 6520, foi furtado no último sábado, em Ilhéus. Quem tiver qualquer informação ligar para Camila Del Rey, nos fones abaixo:
73 88178343
73 91774352
73 81759288

Heraldo Santana/Blog Água Preta

Creches inacabadas 'não eram problema dos municípios', diz presidente do FNDE


O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Antônio Idilvan Alencar, afirmou nesta quinta-feira (21) que as creches inacabadas no estado “não era problema dos municípios”.  “O FNDE licitou, as empresas [eram] nacionais, e ao longo do tempo elas não conseguiram concluir. E desde junho do ano passado, nós apresentamos novos projetos, inclusive metodologia tradicional – facilita, porque antes era pré-moldado – e então, aqui no estado da Bahia, nós temos uma oportunidade real de construir 264 creches este ano de 2016”, afirma. Segundo Alencar, a vantagem de aderir ao método convencional de construção é o aumento da capacidade de atendimento das unidades e geração de empregos nos canteiros das obras. “Nós estamos aqui para orientar a modificação do projeto”, explica o gestor, acrescentando que das 264 creches previstas em 152 municípios, 60 já foram licitadas desde junho de 2015. Serão dois modelos de creches a ser construídas: o tipo 1, com investimento de R$ 1,6 milhão e capacidade para 282 (94 a mais com o novo projeto); e tipo 2, com aporte de R$ 1,9 milhão e capacidade para 180 alunos (60 a mais com o novo projeto). O número de alunos dobra se a creche não for de tempo integral, tendo, portanto, dois turnos. 
Fonte: Bahia Notícias 

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

URUÇUCA: NOVA LINHA DE ÔNIBUS INTERLIGA SEDE À SERRA GRANDE



Já está em pleno funcionamento, a nova linha de ônibus, interligando a sede do município ao distrito de Serra Grande. A empresa DZSET é a nova concessionária da linha.
Antiga reivindicação dos moradores do distrito e de agricultores cujas propriedades margeiam a rodovia BA-655, o retorno da linha teve a ação direta da prefeita Fernanda Silva que, vem buscando facilitar a vida da população uruçuquense, principalmente na recuperação das estradas rurais que, em três anos governo, está tendo as maiores intervenções, dos últimos 40 anos.
“Tudo o que é essencial e que traga benefícios para população em geral, vamos buscar e trazer. Nosso governo estará sempre aberto as reivindicações de todo povo, independente de cor partidária”, frisou a prefeita Fernanda Silva.

HORÁRIOS DE PARTIDA:
SEGUNDA  A SÁBADO                              DOMINGO
Serra Grande x Uruçuca – 06:00             Serra Grande x Uruçuca – 05:00
Uruçuca x Serra Grande – 12:00             Uruçuca x Serra Grande – 07:00
Serra Grande – Uruçuca – 15:00             Serra Grande x Uruçuca – 16:00
Uruçuca x Serra Grande – 17:00             Uruçuca x Serra Grande – 18:00

Heraldo Santana/Blog Água Preta

sábado, 9 de janeiro de 2016

URUÇUCA: Município é classificado como 17º em transparência de recursos públicos e o 1º em redução da violência na Bahia.


A prefeita Fernanda Silva, os vereadores Eri, Nau, Abreu, Carlos Magno, Irmão Duda, Rodrigo e as vereadoras Lia, Magnólia e Gracinha, o então Secretário Chefe da Casa Civil Ruy Costa e o Secretário de Relações Institucionais, Cesar Lisboa.

Dentre os 417 municípios da Bahia, Uruçuca está classificada em 17º em transparência, na aplicação de recursos públicos. Isso se deve a uma administração austera, com equipe qualificada, voltada exclusivamente aos interesses do povo.
Por outro lado, a redução da violência no município, foi um fator preponderante, para dar tranquilidade aos habitantes. Hoje, Uruçuca está situada em primeiro lugar na Bahia, neste quesito, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado.
As principais ações perpetradas, sob o comando da prefeita Fernanda Silva, foram os pedidos da instalação do DISEP, a reabertura do posto rodoviário, os investimentos no social e no esporte, além da dedicação do contingente policial, sediado no município.
Vale lembrar que, o pontapé inicial, para reverter o quadro de violência em Uruçuca, foi a viagem que a prefeita fez a Salvador, em 2013, junto com os vereadores, a sede do governo da Bahia, onde houve um encontro com o Secretario de Relações Institucionais, César Lisboa e com o então chefe de gabinete do governador Jacques Wagner, Rui Costa que, ofereceu o DISEP para ser implantado no município e inaugurado em 2015, pelo já governador, Rui Costa.
Para se ter uma ideia do quadro encontrado pela atual administração, tivemos as seguintes quantidades de ocorrências fatais: em 2012: foram 28 homicídios; em 2013: 17 homicídios; em 2014: 12 homicídios e em 2015: apenas 5 homicídios.
Estas ações do governo municipal, vem mostrar que, não falta ânimo a prefeita Fernanda Silva, para buscar equipamentos e serviços para o bem e interesse do povo do município.
Heraldo Santana/Blog Água Preta

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

URUÇUCA: Confirmado o andamento do projeto de asfaltamento da estrada Uruçuca/Serra Grande


Trecho da estrada Uruçuca/Serra Grande, hoje

Nesta quarta-feira, 06, a prefeita Fernanda Silva teve encontros, em Salvador, com o Chefe da Casa Civil do governo Rui Costa, Bruno Dauster e com o Secretário Estadual de Infraestrutura do Estado da Bahia, Marcos Cavalcante. Na oportunidade, foi garantido por Marcos Cavalcante o andamento do projeto de asfaltamento da estrada que liga a sede do município ao distrito de Serra Grande.
Segundo a prefeita Fernanda Silva, após a aprovação do projeto, serão iniciados os processos de licitação, com o início das obras previsto, ainda, para este ano, de acordo com as conversas, com os membros do governo estadual.
Na véspera de sua saída do Ministério da Fazenda, o ex-ministro Joaquim Levy liberou empréstimo, já aprovado pela Assembleia Legislativa Bahia, junto ao Bird, no valor de 800 milhões de reais que, serão aplicados em estradas da Bahia, pelo governador Rui Costa, e dentro deste contexto está o asfaltamento, da estrada Uruçuca/Serra Grande, prometido pelo governador, durante a inauguração do primeiro DISEP da Bahia, em Uruçuca.
A iniciativa da prefeita Fernanda Silva, em cobrar obras em benefícios da população, mostra que seu governo está no rumo certo e ficará marcado como o governo das grandes realizações.
Heraldo Santana/Blog Água Preta