sábado, 25 de julho de 2015

Esquerda no Brasil está sendo perseguida como os judeus pelos nazistas, acredita Lula

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (24) que a esquerda brasileira está sendo perseguida como os judeus foram perseguidos pelos nazistas e os cristãos pelos romanos, e criticou setores do país que, segundo ele, não aceitaram a vitória nas urnas da presidente da República, Dilma Rousseff. “Quero dizer para vocês que estou cansado de mentiras e safadezas, estou cansado de agressões à primeira mulher que hoje governa esse país. Estou cansado com o tipo de perseguição e criminalização que tentam fazer à esquerda desse país. Parece os nazistas criminalizando o povo judeu e romanos criminalizando os cristãos”, disse, de acordo com a Agência Brasil, em discurso na posse da diretoria do Sindicato dos Bancários do ABC, em Santo André. “Nunca tinha visto na vida pessoas que se diziam democráticas e não aceitaram uma eleição que elegeu uma mulher presidente da República”, acrescentou. O ex-presidente lembrou de realizações de seus governos, como o ingresso de milhares de estudantes no ensino superior e a ascensão econômica de milhões de pessoas. “Eles não suportam que um metalúrgico quase analfabeto tenha colocado mais gente na faculdade do que eles, não suportam que a gente não deixou privatizar o Banco do Brasil e comprou a Nossa Caixa e o Banco Votorantim”, disse Lula. “Eu, sinceramente ando de saco cheio. Profundamente irritado. Pobre ir de avião começa a incomodar; fazer faculdade começa incomodar; tudo que é conquista social incomoda uma elite perversa”, acrescentou o ex-presidente. Lula disse ainda estar otimista com o futuro do país e compreender a apreensão de parte da população com o desemprego e com a inflação, mas ressaltou que o cenário já esteve pior. “A inflação está 9%, com perspectiva de cair. Quando eu peguei esse país, a inflação estava a 12%, o desemprego a 12 %”, declarou ele. “Não é porque a criança está com febre que vamos enterrá-la”, concluiu Lula. 
Fonte: Bahia Notícias

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Ferrovia Bioceânica pode ser saída para viabilizar a Fiol

Chineses, principais interessados no projeto, pediram informações à estatal federal Valec sobre a construção da Fiol, seu traçado e a previsão de ligar sua malha à Ferrovia norte-sul
Depois de ser completamente ignorada pelo governo no novo pacote de concessões anunciado no mês passado, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), que está em construção na Bahia, passou a ser analisada como uma alternativa para viabilizar o traçado da chamada "Ferrovia Bioceânica", projeto previsto para cortar o Brasil e o Peru, ligando por trilhos os oceânicos Atlântico e Pacífico.
Os chineses, principais interessados no projeto, pediram informações à estatal federal Valec sobre a construção da Fiol, seu traçado e a previsão de ligar sua malha à Ferrovia norte-sul.
Com 1.527 km de extensão, a Fiol está desenhada para sair de Figueirópolis (TO), por onde já passa a Norte-Sul, e avançar pela Bahia até chegar a Ilhéus, no litoral. A avaliação é de que essa rota poderia substituir o plano de construir uma nova linha na região Sudeste, cortando Minas e o Estado do Rio, até chegar ao Porto do Açu.
Há uma diferença crucial entre a Fiol e o traçado da região Sudeste previsto para a Bioceânica: a ferrovia baiana é uma obra real, um projeto que já consumiu R$ 3 bilhões dos cofres públicos. O problema é que, hoje, a ferrovia da Bahia está com sua viabilidade em xeque, por conta da crise econômica internacional, que jogou na lona o preço do minério de ferro.
Iniciada em 2010, a Fiol foi projetada para escoar o minério que passaria a ser extraído em grande escala em Caetité, na região central da Bahia. Além disso, da fronteira com o Tocantins sairia a produção agrícola daquele que já é o segundo maior polo de algodão do País, além da forte produção de soja. A queda no preço do minério de ferro, no entanto, levou o governo a simplesmente retirar o projeto de suas prioridades. Ironicamente agora é a Bioceânica, um projeto desacreditado por muitos especialistas e economistas, que poderia trazer uma nova "razão de ser" para a conclusão da Fiol.
Prevista para ser concluída em julho de 2013, a Fiol enfrenta hoje a redução no ritmo de obras - e até mesmo paralisação total - em seus lotes. Dos 1,5 mil km do traçado, os primeiros 500 km ainda não têm sequer data para serem licitados. No segundo bloco de 500 km, a execução física das obras é de apenas 6%. Nos últimos 500 km, que avançam até Ilhéus, são aproximadamente 60% de execução.
O grupo de engenheiros chineses enviado ao Brasil vai analisar todas as possibilidades. Nas últimas semanas, esse grupo percorreu, de carro, mais de 4 mil km, entre os municípios de Campinorte (GO), onde passa a Norte-Sul, até a cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, próximo à fronteira com o Peru. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Agência Estado

quinta-feira, 16 de julho de 2015

URUÇUCA: Prefeitura realiza Curso de Licitações e Contratos para servidores



Numa iniciativa da prefeita Fernanda Silva, de forma a dar transparência e conhecimento, dos processos licitatórios, aos servidores envolvidos, teve início na noite da última quarta-feira, 15, o Curso de Licitações e Contratos, ministrado pelo professor da UESC e inspetor do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Juliano Santos da Silva.
Estão participando do curso, a própria prefeita, Fernanda Silva, secretários, diretores e servidores diretamente envolvidos na aquisição de bens e serviços para o funcionamento da máquina municipal.
O curso muito bem conduzido, de forma clara e objetiva, pelo professor Juliano, tem o intuito de capacitar os servidores, para precaução de erros que possam eventualmente surgir durante os processos licitatórios e esclarecimento de dúvidas, daquilo que pode ou não ser aplicado na administração pública.
Durante o curso, a prefeita Fernanda Silva confidenciou que, no início do seu governo contratou o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) para fazer um diagnóstico da situação do município e o resultado foi de terra arrasada, com o técnico do IBAM sugerindo sua renúncia ao mandato, devido a gravíssima situação encontrada, mas que ela resolveu enfrentar a situação, que hoje está em forma de quase regularidade.
O curso está sendo realizado no Centro Cultural Água Preta e tem o tempo diário de aproximadamente 4 horas e deverá se estender até esta sexta-feira, 17.
Heraldo Santana/Blog Água Preta

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Serra Grande: DISEP Itinerante para emissão de carteira de identidade



Nesta quinta-feira, 16, a equipe de setor de emissão de documentos do DISEP (Distrito Integrado de Segurança Pública) estará no distrito de Serra Grande, para atendimento à população local.
Segundo o gestor daquele setor, Danilo Argolo, a equipe ficará disposição da população, a partir das 9 horas e o atendimento será realizado na subprefeitura de Serra Grande.
“Esta é uma nova ação da prefeita Fernanda Silva que, será estendida a várias regiões da zona rural e nosso propósito é facilitar a vida do cidadão que, precisa emitir ou regularizar seus documentos”, disse Danilo Argolo.
Heraldo Santana/Blog Água Preta

terça-feira, 14 de julho de 2015

Projeto de trânsito do Detran é pioneiro no município de Uruçuca


O deputado Valmir Assunção com o chefe do Detran, Maurício Bacelar, e a prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva

Em 30 dias, o município de Uruçuca, no sul do estado, deve ganhar o primeiro projeto de engenharia de tráfego, que está sendo desenvolvido pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA). A cidade tem cerca de 22 mil habitantes e vai passar a contar com placas de sinalização, semáforos e faixas de pedestres, para organizar o trânsito local.
“Os visitantes chegam à nossa cidade e ficam perdidos. Não há nenhum tipo de orientação em Uruçuca, e quem quer pegar a estrada para ir ao distrito de Serra Grande fica perdido. Esse projeto vai melhorar demais a infraestrutura em nossa cidade e valorizar a região”, disse a prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva (PT), durante encontro com o diretor-geral do Detran, Maurício Bacelar, nesta segunda-feira (13).
A prefeita estava acompanhada do deputado federal Valmir Assunção (PT) e do diretor do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) na Bahia, Márcio Matos, que solicitaram ao órgão mais facilidade no acesso à primeira habilitação para os assentados em Itamaraju, no extremo sul baiano, com o objetivo de legalizar a circulação de motocicletas na zona rural. “A solução é levar um serviço itinerante de habilitação ao assentamento”, disse o diretor do Detran.
Fonte: Jornal da Chapada

URUÇUCA: EXAMES DE MAMOGRAFIA E GLAUCOMA DE 14 A 28 DE JULHO





Mostrando, mais uma vez, como se trabalha em prol da população, a Prefeitura Municipal de Uruçuca, sob a gestão da prefeita Fernanda Silva, solicitou do governo do Estado e foi prontamente atendida, com uma carreta móvel e uma grande estrutura para atendimento de pacientes, para exames de mamografia e glaucoma.


Os equipamentos ficarão a disposição da população, na Praça Régis Pacheco, de 14 a 28 de julho de 2015. A estrutura tem condições de atender até 4.000 mulheres.

Essas ações somam-se a dezenas de outras, como exames de vista para estudantes, com distribuição de óculos gratuitos, atendimento médico na zona rural, emissão de carteira de identidade no DISEP, etc.

“Nosso trabalho será incansável até o fim do nosso mandato. Quando é para beneficiar nossa população, não medimos esforços e esse lema estará sempre presente em nossas ações”, pontuou a prefeita Fernanda Silva.

Heraldo Santana/Blog Água Preta